Plantão
Carros

Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

Publicado dia 05/12/2017 às 17h41min
A Volkswagen revelou os próximos lançamentos da marca para o mercado brasileiro em evento na Argentina. Lá também foram confirmados os lançamentos locais

A Volkswagen revelou os próximos lançamentos da marca para o mercado brasileiro em evento na Argentina. Lá também foram confirmados os lançamentos locais, totalizando 18 novidades até 2020. Numa convenção para 400 diretores, fornecedores e concessionários, a montadora alemã revelou o nome de futuros modelos e o posicionamento de alguns deles.

Para o Brasil, na imagem da convenção (confira ela aqui), foram indicados os Fox Connect e Fox Xtreme, versões do compacto da VW que já foram divulgados. Ambos partem com motorização 1.6 e resumem o portfólio do produto, que se encaminha para um fim certo. Na imagem também aparecem referências aos modelos Polo e Virtus em versão GTS, o que pode indicar o uso de motor 1.4 TSI de 150 cv, mas o câmbio pode ser manual ou Tiptronic nesse caso.

A Saveiro NF aparece como referência em produto feito no Brasil. Isso significa que a sucessora da atual geração será a nova picape feita sobre a plataforma modular MQB-A0, já confirmada pela Volkswagen junto com o crossover T-Cross, que também é apresentado na imagem. Com isso, o quarteto MQB-A0 terá dois de seus modelos rebatizados, se de fato isso ocorrer. Ela vai crescer e ganhar cabine dupla para brigar com Fiat Toro e Hyundai Creta STC.

 

volkswagen-virtus-2018-NA-1 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

O Golf PA também é mencionado. Como se sabe, o modelo receberá um facelift já visto na Europa. Era para ter ocorrido esse ano, mas ficou para 2018. A imagem do produto associada com a bandeira do Brasil reforça a ideia de que o hatch médio continuará a ser feito no país, visto que o mexicano deixará a linha de montagem em Puebla para ser centrado na Alemanha.

A emblemática dupla Gol e Voyage estão com as letras AQ na apresentação. Atualmente, os dois possuem um lineup enxuto e se preparam para uma despedida, mas a única referência à sigla é o câmbio automático Tiptronic AQ-200. No entanto, os argentinos falam que será uma versão especial para o fim de linha. Parece coerente, visto que estarão perto do fim e adotar uma caixa automática implicará em custos que não terão retorno no tempo adequado. O motivo principal dessa suspeita é o que vem logo abaixo…

Na ordem das imagens apresentadas, há um A0 CUV e um A00. Neste último, há uma informação adicional na imagem: Gol Sucessor. Isso já diz tudo sobre o projeto, será um novo produto para manter o clássico da VW na linha de frente. A própria marca através de seu CEO Herbert Diess, disse que a marca não desistirá do modelo. O indicativo A00 pode significar a esperada versão simplificada da MQB-AO, que está sendo desenvolvida pela Skoda para o mercado indiano, onde os custos precisam ser ainda mais baixos que aqui.

vw-t-cross-breeze-5 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

Não se sabe exatamente se teremos um sucessor do Voyage após 2020, mas a posição do Virtus é tão clara quanto à do Polo, ele quer ser o primeiro. Assim, provavelmente a próxima década deve se iniciar apenas com este novo Gol, que provavelmente será feito em Taubaté-SP. O motivo seria o futuro do up! Na apresentação, aparece um A0 CUV ou um crossover compacto. Com o T-Cross e seus 4,15 m mais ou menos, abaixo desse porte surgirá um modelo que está sendo chamado de T-Track, derivado direto do up!.

Na Europa, o T-Track já está sendo considerado o sucessor do subcompacto atual, visto que ele não está correspondendo em termos de retorno financeiro para a Volkswagen. Em forma de crossover, as coisas poderão mudar sensivelmente. Assim, esta mudança de direção deve ser seguida aqui.

Mas aí vem uma questão importante. Segue a base PQ12? O certo seria sim. Mas, como este utilitário esportivo deverá ser menor que 4,00 m, ele é indicado exatamente não só para o Brasil, mas também para a Índia, por conta dos benefícios fiscais até esse tamanho. Nesse caso, a MQB A00 “by Skoda” poderia simplesmente ser adotada também pelo T-Track, que assim como o WR-V, poderia ser vendido nos dois países e até na Europa, com a devida atenção da engenharia.

Volkswagen-Gol-2017-1 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

Aqui, junto com o Gol A00, seria formada uma nova dupla no Vale do Paraíba. Já na Anchieta, Polo e Virtus poderão continuar com a presença da Saveiro em sua fábrica quase exclusiva, mas compartilhando a mesma base. Em São José dos Pinhais-PR, os últimos exemplares do Fox seriam acompanhados pelo T-Cross e o Golf. Por fim, os argentinos ficarão com uma nova geração da Amarok e com o Tarek, que surge como nome definitivo para o Tharu (que já era tido como nome do projeto apenas), um SUV compacto baseado no Skoda Karoq.

Com este, a Volkswagen teria apenas no Mercosul, os utilitários esportivos T-Track, T-Cross e Tarek, isso sem contar o Tiguan Allspace vindo do México e do Atlas, este vindo direto do Tennessee para as terras do ouro e da prata. Fora eles, a Golf Variant atualizada de Puebla e do mesmo local, o Jetta de nova geração, que já sendo promovido pela Volkswagen no Canadá. Por fim, o Passat atualizado e importado da Alemanha.

Elétricos e híbridos? Na Argentina, o painel de lançamentos não faz referências ao Golf GTE e ao e-Golf, mas ambos já foram confirmados para o Brasil, pelo menos.

volkswagen-virtus-2018-NA-1 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

O Golf PA também é mencionado. Como se sabe, o modelo receberá um facelift já visto na Europa. Era para ter ocorrido esse ano, mas ficou para 2018. A imagem do produto associada com a bandeira do Brasil reforça a ideia de que o hatch médio continuará a ser feito no país, visto que o mexicano deixará a linha de montagem em Puebla para ser centrado na Alemanha.

A emblemática dupla Gol e Voyage estão com as letras AQ na apresentação. Atualmente, os dois possuem um lineup enxuto e se preparam para uma despedida, mas a única referência à sigla é o câmbio automático Tiptronic AQ-200. No entanto, os argentinos falam que será uma versão especial para o fim de linha. Parece coerente, visto que estarão perto do fim e adotar uma caixa automática implicará em custos que não terão retorno no tempo adequado. O motivo principal dessa suspeita é o que vem logo abaixo…

Na ordem das imagens apresentadas, há um A0 CUV e um A00. Neste último, há uma informação adicional na imagem: Gol Sucessor. Isso já diz tudo sobre o projeto, será um novo produto para manter o clássico da VW na linha de frente. A própria marca através de seu CEO Herbert Diess, disse que a marca não desistirá do modelo. O indicativo A00 pode significar a esperada versão simplificada da MQB-AO, que está sendo desenvolvida pela Skoda para o mercado indiano, onde os custos precisam ser ainda mais baixos que aqui.

vw-t-cross-breeze-5 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

Não se sabe exatamente se teremos um sucessor do Voyage após 2020, mas a posição do Virtus é tão clara quanto à do Polo, ele quer ser o primeiro. Assim, provavelmente a próxima década deve se iniciar apenas com este novo Gol, que provavelmente será feito em Taubaté-SP. O motivo seria o futuro do up! Na apresentação, aparece um A0 CUV ou um crossover compacto. Com o T-Cross e seus 4,15 m mais ou menos, abaixo desse porte surgirá um modelo que está sendo chamado de T-Track, derivado direto do up!.

Na Europa, o T-Track já está sendo considerado o sucessor do subcompacto atual, visto que ele não está correspondendo em termos de retorno financeiro para a Volkswagen. Em forma de crossover, as coisas poderão mudar sensivelmente. Assim, esta mudança de direção deve ser seguida aqui.

Mas aí vem uma questão importante. Segue a base PQ12? O certo seria sim. Mas, como este utilitário esportivo deverá ser menor que 4,00 m, ele é indicado exatamente não só para o Brasil, mas também para a Índia, por conta dos benefícios fiscais até esse tamanho. Nesse caso, a MQB A00 “by Skoda” poderia simplesmente ser adotada também pelo T-Track, que assim como o WR-V, poderia ser vendido nos dois países e até na Europa, com a devida atenção da engenharia.

Volkswagen-Gol-2017-1 Volkswagen revela futuros lançamentos do Brasil na Argentina

Aqui, junto com o Gol A00, seria formada uma nova dupla no Vale do Paraíba. Já na Anchieta, Polo e Virtus poderão continuar com a presença da Saveiro em sua fábrica quase exclusiva, mas compartilhando a mesma base. Em São José dos Pinhais-PR, os últimos exemplares do Fox seriam acompanhados pelo T-Cross e o Golf. Por fim, os argentinos ficarão com uma nova geração da Amarok e com o Tarek, que surge como nome definitivo para o Tharu (que já era tido como nome do projeto apenas), um SUV compacto baseado no Skoda Karoq.

Com este, a Volkswagen teria apenas no Mercosul, os utilitários esportivos T-Track, T-Cross e Tarek, isso sem contar o Tiguan Allspace vindo do México e do Atlas, este vindo direto do Tennessee para as terras do ouro e da prata. Fora eles, a Golf Variant atualizada de Puebla e do mesmo local, o Jetta de nova geração, que já sendo promovido pela Volkswagen no Canadá. Por fim, o Passat atualizado e importado da Alemanha.

Elétricos e híbridos? Na Argentina, o painel de lançamentos não faz referências ao Golf GTE e ao e-Golf, mas ambos já foram confirmados para o Brasil, pelo menos.

Fonte: Argentina Autoblog