Plantão
internacional

Protestos contra G20 já causaram a prisão de 70 pessoas

Publicado dia 07/07/2017 às 18h51min
Mais de 250 ficaram feridos em manifestações ao longo do dia

Os protestos contra a reunião entre as 20 maiores economias do mundo (G20) em Hamburgo, na Alemanha, causaram a prisão de 70 pessoas e deixaram cerca de 250 feridos, informou a polícia nesta sexta-feira (7).   

De acordo com as autoridades, 196 feridos eram policiais em serviço e outras 60 pessoas eram civis - sendo que 11 delas estão em estado grave após caírem de um muro ao fugir de agentes policiais. Os grupos que organizaram os atos falam em mais de 100 civis feridos.   

Os protestos, que começaram nesta quinta-feira (6), foram vistos durante toda a sexta-feira. Agora a noite, seguem as manifestações e os confrontos, especialmente, com os chamados "black blocks".   

Mesmo com o reforço extra de 20 mil agentes de segurança, as autoridades pediram que centenas de policiais que estavam nas cidades de Schleswig-Holstein, Baden-Württenberg e Berlim fossem deslocados.   

Diversos manifestantes queimaram lixo e o que encontraram pela frente, em barricadas pelas ruas. Por sua vez, a polícia respondia com bombas de efeito moral e com o fechamento de ruas próximas aos locais de manifestação.   

Com isso, diversos líderes foram orientados a seguir a programação oficial do evento após as reuniões para conseguir chegar aos hotéis onde estão hospedados.   

Para este sábado (8), mais duas grandes manifestações estão marcadas na cidade. As autoridades esperam que 100 mil manifestantes estejam na cidade. (ANSA)

Fonte: Ansa