Plantão
Cidades

Bom Prato São Paulo

Publicado dia 07/09/2017 às 14h22min
O Programa Bom Prato foi criado há 17 anos pelo Governo de São Paulo e conta com 52 unidades no Estado.

Maioria dos restaurantes Bom Prato abrirão no dia 8 de setembro

   Devido ao feriado da Independência do Brasil, todas as unidades estarão
                        fechadas no dia 7 de setembro

  A  Secretaria  de  Estado  de  Desenvolvimento Social de São Paulo (SEDS)
  informa grande parte das unidades do Bom Prato funcionarão normalmente na
  sexta-feira,  dia  8  de  setembro, emenda de feriado da Independência do
  Brasil. Veja a lista abaixo dos nove restaurantes que não funcionarão:
  |-------------------------+------------------------|
  |   Unidades - Bom Prato  |      Funcionamento     |
  |-------------------------+------------------------|
  |     Itaquaquecetuba     |          Não           |
  |-------------------------+------------------------|
  |      Ribeirão Preto     |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |          Santos         |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |      Santos Morro       |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |        Santos ZN        |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |       São Miguel        |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |       São Vicente       |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|
  |        Sorocaba         |          Não           |
  |-------------------------+------------------------|
  |         Suzano          |           Não          |
  |-------------------------+------------------------|




  Sobre o Bom Prato

  O  Programa  Bom  Prato foi criado há 17 anos pelo Governo de São Paulo e
  conta  com  52  unidades  no  Estado.  No total o Programa já investiu R$
  501.047.534,17  desde  a  sua implantação até 31/07/2017. Além disso, nos
  últimos  três anos houve aumento do subsídio do governo de cerca de 19,7%
  para que as refeições continuassem ao preço de R$ 1,00 o almoço e R$ 0,50
  o café da manhã.

  O almoço é balanceado com 1.200 calorias O cardápio é composto por arroz,
  feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho,
  suco   e   sobremesa   (geralmente   uma  fruta  da  época).  O  subsídio
  governamental  é  de  R$ 4,19 para adultos e de R$ 5,19 para crianças com
  até 6 anos, que têm a refeição gratuita.

  No  café  da manhã é oferecido leite com café ou achocolatado ou iogurte,
  pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição,
  de  400 calorias em média, custa R$ 0,50 ao usuário. O Estado arca com R$
  1,13.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo