Plantão
Policiais

SC: polícia em alerta máximo após ataques em 11 cidades

Publicado dia 01/09/2017 às 22h42min
Governo atribui ações ao crime organizado, mas ninguém foi preso

Em menos de 12 horas, 11 cidades catarinenses foram alvos de uma série de ataques contra bases da polícia e prédios públicos.

Em Florianópolis, bandidos em uma moto dispararam contra duas bases da Polícia Militar no começo da madrugada desta sexta-feira (1º). A guarita do Centro Administrativo do Governo de Santa Catarina, no bairro Saco Grande, foi um dos locais alvejadados na capital. O policial que presta serviço de segurança no local não estava na guarita quando aconteceram os disparos, mas conseguiu ver o momento em que dois homens fugiram em uma motocicleta vermelha.

Em Balneário Camboriú, um coquetel molotov foi jogado no Instituto Geral de Perícias. Já Em Criciúma, um prédio municipal, uma viatura, pneus e até uma ponte foram incendiados.

Também há registros de ataques contra forças de segurança em outras cidades, mas ninguém ficou ferido.

O governo atribuiu os ataques ao crime organizado, mas nenhum suspeito foi preso até agora.
 

Fonte: Jornal da Band e Estadão Conteúdo