Plantão
Tecnologia

Anatel e Seja Digital promovem a digitalização da TV aberta em Belo Horizonte

Publicado dia 11/10/2017 às 17h53min
O presidente do Gired (Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV)

O presidente do Gired (Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) e da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Juarez Quadros, e o presidente da Seja Digital, Antonio Martelleto, concederam, nesta quarta-feira (11.10) em Belo Horizonte, entrevista coletiva sobre o desligamento do sinal analógico da TV aberta em 39 municípios mineiros, incluindo a capital do Estado e cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O desligamento deverá ocorrer no dia 8 de novembro de 2017.

A expectativa do presidente da Anatel é que 90% dos 1,7 milhão de domicílios da região já tenham recepção para o sinal digital. No entanto, enfatizou que 470 mil kits gratuitos da TV digital (compostos por conversor de sinal, antena e controle remoto) serão distribuídos. "O ideal é 100% de digitalização dos domicílios", disse.

Juarez Quadros apresentou as vantagens do término das transmissões analógicas na TV aberta. Com a transmissão unicamente digital, além de melhor qualidade de som e imagem para o telespectador, o radiodifusor tem redução no custo de transmissão, principalmente nos gastos de energia elétrica.  E a faixa de 700 MHz liberada pela TV analógica transmitirá o sinal 4G na banda larga móvel. As prestadoras Algar, Claro, Tim e Vivo devem transmitir dados a maior velocidade - de 15 megabits por segundo a 45 megabits, por exemplo - e haverá também maior penetração do sinal da telefonia móvel em ambientes fechados.

Na coletiva, Antonio Martelleto explicou que as famílias cadastradas nos programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros têm direito a receber o kit gratuito da TV Digital. A retirada do kit pode ser agendada pelo número 147, da Central de Atendimento da Seja Digital, ou pelo Portal da entidade, www.sejadigital.com.br . Segundo ele, as capitais brasileiras tem conseguido atingir o índice exigido pelo governo para encerramento das transmissões analógicas na TV aberta, 93% de digitalização dos domicílios. Martelleto citou o caso da capital baiana, Salvador, onde houve a maior adesão à TV Digital durante o processo de implantação.

O presidente da Anatel e o da Seja Digital foram para o Ponto de Distribuição de Kits na Agência Central dos Correios - Juscelino Kubitschek, na Avenida Afonso Pena nº 1270, avenida considerada o coração econômico da capital mineira, onde Juarez Quadros distribuiu o kit de número 310 mil. A doméstica Ana Flávia Vieira citou que ficou sabendo da distribuição dos kits em uma reunião na Prefeitura. E a dona de casa Maria das Graças Miranda disse que vai ficar linda a imagem com a TV Digital. Para quem não tem o direito a receber o kit gratuito, Martelleto disse que no mercado o conjunto dos equipamentos está á venda a uma média de R$ 150,00.

Fonte: Assessoria de imprensa - Anatel